MENSAGEM DO SECRETÁRIO
Início >> Noticia >> Duplicação da PA-444 trará mais conforto e segurança aos moradores de Salinópolis

Duplicação da PA-444 trará mais conforto e segurança aos moradores de Salinópolis

Obras estão em ritmo acelerado


As obras de duplicação e restauração da PA-444, rodovia que dá acesso ao município de Salinópolis e também a um dos balneários mais procurados por veranistas, a praia do Atalaia, estão a todo vapor. Homens e máquinas trabalham diariamente, e em determinadas etapas, também pela noite, para concluir até dezembro deste ano a terraplenagem das duas novas pistas que serão abertas nos oito quilômetros de extensão da rodovia. Simultaneamente, também será construída uma ponte de concreto sobre o rio Sampaio, que terá largura superior à atual, acompanhando as vias em obras.

O secretário de Transportes do Pará, Kleber Menezes, esteve no local na sexta-feira (3), fiscalizando o andamento dos trabalhos. “O objetivo do Governo do Pará ao realizar essa obra é consolidar o município de Salinópolis como um grande polo turístico do Estado, assim como Santarém, onde também estamos fazendo uma grande intervenção na rodovia que dá acesso à cidade. Vamos transformar a PA-444 em uma rodovia com moldes de uma grande avenida”, explicou.

Além da duplicação da rodovia, o projeto prevê a criação de um canteiro central, ciclovia iluminada nos dois sentidos da pista e diversas travessias para pedestres com semáforos temporizados. “Faremos uma obra que vai trazer beleza, conforto e segurança para todos, seja para o turista que vem de carro ou ônibus, seja para quem vem aproveitar o veraneio em julho, seja para o morador da cidade, enfim. Será uma grande interligação da sede do município com a praia do Atalaia”.

Bastante otimista com o andamento das obras, o titular da Setran afirma que a meta é entregar à população as duas novas pistas já asfaltadas até julho de 2018. “Assim vamos diminuir os engarrafamentos e trazer mais conforto e segurança para os veranistas e para a população local”, complementou. Além dos constantes engarrafamentos em períodos de feriados prolongados e durante as férias de julho, Ribamar Fonseca, natural de Belém, mas morador de Salinas há 27 anos, reclama dos inúmeros acidentes que acontecem no trecho próximo à ponte, e comemora o início das obras. “Já esperávamos por isso há muitos anos e agora chegou a nossa vez. Temos total confiança de que a obra ficará muito bonita e que mudará o cenário que temos hoje aqui. Esperamos que fique mais seguro para todos nós, inclusive para os pedestres. Essa é a única via de acesso à sede e também a outros municípios próximos, então torcemos para que fique melhor e que isso também ajude a trazer mais gente e mais turistas, afinal, a praia do Atalaia é o meio de sobrevivência de muita gente daqui”,  avaliou o morador.

Outra que comemorou a chegada da frente de obras é Luciana Nagata, sócia de um restaurante que fica no KM 5 da PA-444. “Os engarrafamentos que acontecem aqui são muito complicados. Já ocorreram vários casos de clientes que ligaram para nós pedindo refeição e só conseguiram chegar mais de uma hora depois ao restaurante. Eu mesma já precisei sair para comprar ingredientes para o cardápio e só consegui chegar de volta depois do almoço, prejudicando meu comércio. Salinas e a praia do Atalaia são muito requisitadas e essa obra chegou em boa hora. Esperamos que seja concluída o quanto antes e que traga mais conforto pra todo mundo, além de mais renda pra população”, opinou.

O prazo máximo para a conclusão das obras de restauração e duplicação da PA-444, que ligam a PA-124 e a sede do município à Praia do Atalaia, é o mês de janeiro de 2019.


Por Heloá Canali

Fotos: Cristino Martins

Por: Heloá Canali - Agência Pará
Publicado em: 06/11/2017 e atualizado em 06/11/2017 as 13:48:27
Fonte:

Galeria


Ribamar Fonseca, natural de Belém, mas morador de Salinas há 27 anos, reclama dos inúmeros acidentes que acontecem no trecho próximo à ponte, e comemo
Outra que comemorou a chegada da frente de obras é Luciana Nagata, sócia de um restaurante que fica no KM 5 da PA-444.
Simultaneamente, também será construída uma ponte de concreto sobre o rio Sampaio, que terá largura superior à atual, acompanhando as vias em obras.
Além da duplicação da rodovia, o projeto prevê a criação de um canteiro central, ciclovia iluminada nos dois sentidos da pista e diversas travessias p
O secretário de Transportes do Pará, Kleber Menezes, esteve no local na sexta-feira, fiscalizando o andamento dos trabalhos.


Retornar às Notícias